• Tais Targa

Como tirei o lixo da palma da mão e aumentei a produtividade


Se você me acompanha nas redes sociais sabe que eu sou obcecada pelo conteúdo que consumo. Não vejo noticiários, participo pouco de grupos no whatsapp e passo boa parte do meu dia estudando e conhecendo histórias inspiradoras. Porém, nem sempre fui assim. Já fui o tipo de pessoa que assistia novelas, passava anos sem ler um livro e era viciada em compras. Tenho muita vergonha em admitir isto, mas sei que esta exposição pode te ajudar.

Há alguns anos me apaixonei por Coaching e comecei a trabalhar com assessoria à Recolocação Profissional e conforme a minha empresa foi crescendo eu acabei tendo a oportunidade de conhecer profissionais incríveis, histórias inspiradoras e realizar muitos cursos e treinamentos. Mas acredito que o ponto de virada na minha vida e carreira foi quando comecei a cortar todo o lixo que entrava muitas vezes pela palma da minha mão.

Apesar de hoje eu ser uma “digital influencer” (rs), eu me policio muito para não gastar muito tempo com o feed de notícias das redes sociais. Inclusive no meu trabalho não vejo atualizações do Facebook, por exemplo. Tenho um plugin que bloqueia tuuuudo. Também uso o smartphone para assuntos profissionais e só participo de grupos que me fazem crescer. Fujo de fofocas e notícias desanimadoras. Também não assisto telejornais e não acesso sites de notícias. O que é muito importante sempre chegou até mim. Aprendi que cada vez que ouvia notícias negativas isto gerava uma mudança bioquímica no meu cérebro que afetava diretamente o meu humor e minha produtividade, então fiz um teste e parei. Posso dizer que nunca me fez falta e não me tornei uma pessoa alienada, a informação dá um jeito de me encontrar.

Troquei a TV pela leitura e como sou muito agitada, às vezes, é difícil ler um livro de conteúdo muito denso. Para dar conta disto mergulhei de cabeça nos audiobooks. E quando tenho pouco tempo, olho despretensiosamente no Youtube e vejo uma palestra no TED Talking ou um vídeo mais motivacional.

Se você entrar no meu carro você vai encontrar audio de palestras, cursos gravados, mais audiobooks e claro músicas que me inspiram.

Não assisto TV aberta e adoro um filme emocionante e inspirador. Biografias e histórias de inspiração são os meus prediletos.

Também tenho o cuidado de não passar o dia checando o inbox, e-mail e mensagens no whatsapp. Só checo as mensagens quando tenho tempo de responder. Foi difícil, mas aprendi. De nada adianta você ler um e-mail na hora de dormir que você só terá de responder quando chegar no trabalho ao dia seguinte.

Posso dizer que com tudo isto eu aprendo algo novo a cada dia e a minha produtividade aumentou drasticamente. E se você tá pensando que sou extremamente certinha e que não me divirto nunca tá completamente equivocado. Faço questão de manter o bom humor, adoro rir alto, dançar e me arrisco até fazer umas piadas sem graça. Diversão também faz parte das minhas metas e por isto sou cercada de pessoas positivas e bem-humoradas.

Agora me diz, você tá consumindo muito lixo? O que pode fazer de diferente?


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo