• Sandra Lesbaupin

Que tipo de vida você escolhe levar: uma mecânica, ou uma repleta de sentido e significados?


Coaching, Missão e Propósito de Vida

Missão e visão pessoal orientam nosso plano de vida. Elas estão associadas à nossa identidade e estão fundamentadas em nossas crenças e valores. Visão são imagens mentais que nos inspiram a agir e a tornar nossos sonhos realidade. Visão nos dá direção e pode criar significado na nossa vida.

Nossa missão está relacionada aos nosso talentos, às nossas ações e aos nosso objetivos. Nosso propósito diz respeito à razão da nossa existência. Pelo que você vive? O que te faz acordar todos os dias? O que te faz ser quem você é? O que te motiva a ir além? Qual o legado que você vai deixar para esse mundo?

Nossa vida entra facilmente no automático. Passamos a viver um dia de cada vez, e todos da mesma forma, com a mesma cara. Sem nenhum propósito, sem nenhuma meta, sem nenhum sonho e, por conseguinte, sem nenhum sentido. Sim, nós comumentemente perdemos de vista o sentido de nossas vidas. Alguns, sequer souberam desse sentido em momento algum. Nossa vida passa a ser mecânica, um monte de ações sem nenhum significado, nem para os outros, nem para nós mesmos. É esse o caminho que você quer?

Não se cria uma missão de vida, se descobre. Nossa missão está na nossa essência, naquilo que faz de nós indivíduos únicos, singulares e especiais. Se somos conscientes de nossa missão de vida, teremos uma direção acertada e então nosso caminho nesse mundo é mais leve e próspero.

Quando damos sentido à nossa vida, passamos a usar todo o potencial que existe em nós. Você está usando o maior potencial da sua existência? Você está fazendo sempre o seu melhor e deixando transparecer a sua melhor parte? Você está contribuindo com a sua existência?

No Coaching, um dos pontos cruciais do processo está em fornecer ao cliente a oportunidade de conhecer e definir suas missão, visão e propósito de vida. Isso é muito importante para que ele alcance seu empoderamento e perceba e entenda quem ele é, na essência. A partir daí, suas ações passam a fazer mais sentido, pois ficam alinhadas com aquilo que ele realmente é e deseja para a sua vida.

Viver o automatismo do “deixe a vida me levar” nos faz meros expectadores da existência quando, na verdade, devemos ser sempre os protagonistas. Não fique olhando a vida passar. Dê sentido a cada movimento seu.

O propósito de vida está diretamente ligado à identidade. É por isso que o princípio de tudo é o autoconhecimento - e nesse sentido o coaching e a psicoterapia podem ajudar muito! Que tipo de pessoa você é? Quais são seus valores? No que você acredita? O que você pensa? Quais as verdades em que você acredita? Quais são suas atitudes que mais contribuem com o mundo?

Sim, nossa identidade é uma construção irrefreável! Estaremos, enquanto vivermos, em constante construção, ou seja, nossa identidade nunca estará pronta. Mas é possível nos conhecermos cada vez melhor, a ponto de podermos nos preparar até mesmo para os caminhos que ainda virão.

A ligação entre descobrir nossa missão de vida e quem nós somos é extremamente íntima. Aliás, ambas descobertas estão entrelaçadas e uma leva a outra. Se você quiser um lugar por onde começar esse processo, comece por esclarecer e questionar suas crenças. Nós somos fruto daquilo em que acreditamos, dos valores que cultivamos e das habilidades que desenvolvemos.

Nossas crenças direcionam nossas vidas, agindo tanto como permissões quanto como proibições de nossas ações. Nossa identidade pessoal é, portanto, formada não apenas pelo que conhecemos intelectivamente, mas especialmente pelas coisas nas quais acreditamos.

As crenças podem ser motivadoras ou limitantes. Muitas pessoas são retraídas, tímidas, porque acreditam que não são capazes de se comunicar adequadamente. Isso gera o medo de se expor e, por conseguinte, dificuldade de várias formas. Ao tentar encontrar um propósito para a vida, essas pessoas tendem a pensar que não são suficientemente boas para terem um sentido na vida.

Encontrar seu propósito pessoal começa pelo autoconhecimento. E autoconhecimento exige o exame de suas crenças pessoais, conforme já pontuado.

Viver sua missão de vida e dar sentido à sua existência é construir o seu legado (Legado é tudo o que vai ficar na Terra depois da sua passagem por aqui). É fazer com que, enquanto vivos, tenhamos felicidade, prosperidade, respeito e amor, e, depois da morte, nossa memória, nossos valores e nossa marca fiquem presentes no mundo e nas pessoas que atingimos.

E você, já encontrou a sua missão de vida? Sabe qual é o seu propósito e o que te move? Que tipo de vida você escolhe levar: uma mecânica, ou uma repleta de sentido e significados?

Baseado em Marques, José Roberto. Apostila do curso de formação - IBC - PSC turma 98.

Missão, páginas 341 a 356. Goiânia, GO, Editora IBC. 2016.


332 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo